domingo 17 outubro 2021
Manchete

17 DE MAIO DIA INTERNACIONAL DE COMBATE À HOMOFOBIA FLORES INVISÍVEIS

Dentre todas as mazelas esquecidas, abandonadas a ermo, a comunidade LGBTQIA+ segue coadjuvando às sombras de um sistema protagonista, omisso e voraz em suas vidas. Uns às margens e outros usando máscaras em uma sociedade em que impera a hipocrisia, a vida segue seu curso fazendo do concreto a gênesis do invisível.

Quanto ao papel das políticas públicas sociais, ao erigir em brados triunfantes a equidade universal dos Direitos Humanos, profanando intencionalmente a consciência alheia ignorando a existência de seres humanos e vítimas da acepção sexual coletiva. Sempre emergirá um projeto que corresponderá aos monumentos de concreto e mesmo aos que não sairão do papel dissuadirão de forma evanescente para não privilegiar a comunidade.

É cediço que somos seres históricos, entretanto o vácuo do progresso quanto à democracia e humanismo na prática manifesta se pejorativamente, obsoleto e isto nos leva a uma mera utopia, disfarçando gestos e olhares preconceituosos insuflando energia negativa, ou melhor, pensamentos e atitudes covardes, ocasionando o fato de sermos filhos e filhas do mesmo Deus ocidental ou Divindade Cristã que remete à zombaria e o mais latente escárnio.

Enfim, salutar em uma sociedade conservadora de paradigmas milenares é necessária uma união de classe para a preservação da saúde mental, caso contrário render se, seria a inalação de um veneno letal que levaria à morte lentamente.

Allan Rodrigues

 (Professor e escritor)

Ilustração: Edmar Almeida (Multi Artista) 

Desenvolvido por Enzo Nagata